abril 2007


perseveranca.jpg

(Este próprio post é um exemplo de perseverança, pois, quando já havia terminado de escrevê-lo, simplesmente ocorreu uma queda de luz, não me dando tempo de salva-lo, me fazendo então, escrevê-lo outra vez! Mas, não desisti, perseverei e eis o post!)

Tiago 5.10-11″ Meus irmãos, tomai por exemplo de aflição e paciência os profetas que falaram em nome do Senhor. Eis que temos por bem-aventurados os que sofreram. Ouvistes qual foi a paciência de Jó e vistes o fim que o Senhor lhe deu; porque o Senhor é muito misericordioso e piedoso.

Infelizmente, nós não temos paciência para esperarmos, estamos sempre anciosos e embarcamos no mesmo barco que o resto do mundo. Influenciados pelo avanço tecnológico, que num curto espaço de tempo, podemos dizer que, “turbinou” o nosso planeta, levando e trazendo informações em uma velocidade incrível!

Com tudo isso, aprendemos então, se é que podemos falar assim, há não ter paciência, há não termos a virtude da perseverança! Facilmente desistimos das coisas quando estas não ocorrem no tempo e do jeito em que gostaríamos que acontecesse e acabamos por perder o que antes desejávamos!

Com Deus, as coisas não são diferentes, encaramos do mesmo jeito, batemos de frente com o nosso Senhor e como crianças mimadas, exigimos de Deus uma ação imediata! Porém, nos colocamos dessa maneira, em um caminho muito perigoso, ao qual nem deveríamos sonhar em trilhar!

Quando Deus nos promete algo, pode ter certeza, isso irá se cumprir, pois, Deus é um Deus de Palavra, e a sua Palavra é o seu próprio Poder! Se não conseguimos esperar com paciência em Deus, crendo em suas promessas, simplesmente estamos dizendo que Ele está nos mentindo!

Eu não quero pecar contra Deus, não perseverando e conseqüentemente, perdendo de alcançar as suas promessas para minha vida, sendo a principal delas a Salvação!

Hebreus 6.15 “E assim, depois de esperar com paciência, obteve Abraão a promessa.”

Percebeu o que a Palavra diz nesse trecho, que foi somente depois de Abraão ter esperado com paciência, que ele recebeu a promessa! Claro, pois, enquanto em seu coração, havia dúvidas e ansiedade, o Senhor não podia abençoá-lo, porque com a própria incredulidade de Abraão, a promessa se distanciava cada vez mais. Porém, no momento em que ele passou a crer, ao cumprir-se o tempo de Deus, ele pode alcançar tudo o que o Senhor prometeu!

Então, você prefere o que: “perseverar e alcançar a promessa de Deus ou viver ancioso e jamais poder desfrutar das bênçãos do Senhor Jesus para a tua vida?”

Eu fico com a primeira opção, perseverando dia após dia, crendo na vitória no Senhor Jesus e pela fé desfrutando de tudo o que o Senhor conquistou lá na cruz para mim e para você!

 Tiago 5.7 “Sede, pois, irmãos, pacientes, até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra, até receber as primeiras e as últimas chuvas.”

No amor de Deus,
Michelle Martins

Anúncios

cruz.png 

1. E, no primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao Sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu a pedra tirada do sepulcro.

2. Correu, pois, e foi a Simão Pedro e ao outro discípulo a quem Jesus amava e disse-lhes: Levaram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde o puseram.

3. Então, Pedro saiu com o outro discípulo e foram ao sepulcro.

4. E os dois corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais apressadamente do que Pedro e chegou primeiro ao sepulcro.

5. E, abaixando-se, viu no chão os lençóis; todavia não entrou.

6. Chegou, pois, Simão Pedro, que o seguia, e entrou no sepulcro, e viu no chão os lençóis

7. e que o lenço que tinha estado sobre a sua cabeça não estava com os lençóis, mas enrolado num lugar à parte.

8. Então, entrou também o outro discípulo, que chegara primeiro ao sepulcro, e viu, e creu.

9. Porque ainda não sabiam a Escritura que diz que era necessário que ressuscitasse dos mortos.

…………………………………………….

Que nesse tempo, onde comemoramos a Páscoa, possamos realmente comemorar o verdadeiro sentido dessa data. Que não venhamos à nos esquecer que Cristo morreu na cruz para nos salvar e ressuscitou para que hoje todos nós tenhamos acesso à vida eterna com Deus! Mas, essa escolha é nossa, o Senhor apenas nos dá a opção de vivermos para Ele, seguindo os seus propósitos, os seus caminhos. Se optarmos por vivermos longe Dele, infelizmente, não poderemos ter acesso à dádiva gratuita, que é a vida eterna ao seu lado, porém, se escolhermos viver uma vida para Ele, teremos entrada junto ao trono celestial e viveremos eternamente com Ele!

FELIZ PÁSCOA, POIS, CRISTO VIVE!!!

Michelle Martins